EXPOSIÇÃO

MAR - Museu de Arte do RIO

Divida em três temporadas, a série Percursos Mediados foi desenvolvida a partir da prática pedagógica museal utilizada nas visitas presenciais realizadas pelos educadores. Cada exposição que estava em cartaz antes do fechamento do MAR (‘O Rio dos Navegantes’, ‘Pardo é papel’ e ‘Rua!’) foi tema de um ciclo de cinco vídeos, todos contando com recursos de acessibilidade (legendas, LIBRAS e audiodescrição). As três temporadas completas estão disponíveis no canal do Youtube do MAR.

O Rio dos Navegantes

O Rio dos Navegantes - Jogo Contra a maré

Pardo é Papel

Rua!

Exposição Lave as mãos - Maurício Hora

Foto Elisa Mendes

Projeto Lave as Mãos - Alessandra Roque e Maurício Hora

O problema da água no Morro da Providência não é uma novidade. Os moradores, principalmente das áreas mais altas, sempre sofreram com a falta de água. O fotógrafo Maurício Hora retrata e denúncia, através de seu trabalho, o sofrimento e o descaso com o bem mais necessário para humanidade, água. Com a chegada do covid-19, o fotógrafo se viu obrigado a virar encanador. 

A ideia deste projeto nasce de uma conversa (Maurício Hora, Alessandra Roque), ainda no mês de março, sobre o fato de que o Covid-19 ser combatido com água e sabão. Há alguns anos Alessandra distribui sabão na comunidade – feito a partir de óleo de cozinha reutilizado - mas apenas em abril o projeto "Lave as mãos" se oficializa como tal. 

Diante da necessidade de reforço das práticas de higiene pessoal, o projeto Lave as Mãos, inicia a instalação de pias com água corrente e sabão em vias públicas da Providência, em pontos de maior circulação de moradores. Apesar da água ser um direito garantido pela Constituição brasileira, muitas residências do Morro recebem água a cada dois dias. A instalação desses sistemas proporciona à população acesso à água e distribuição gratuita de sabão. 

A ideia inicial era instalar 4 pias. Nas primeiras, houve um problema estrutural da Providência no combate ao vírus: o morro não tem abastecimento de água diário.  Era preciso ter caixas d’água para abastecer as pias, quando surgem então as primeiras doações. Assim se formou o projeto: com muitas mãos e doadores, muita benevolência. Um projeto de amor genuíno. Toda a ajuda fez o projeto ir muito além do que imaginavam. 

Além de combater o covid-19, os moradores da Providência, que abrigaram as pias/caixas, em suas paredes e lajes ganharam caixas d’água novas e permanentes. Vale lembrar que o poder público ainda não chegou com ajuda na Providência, até agora.

Clelio de Paula

EVO21

Desenvolvida pelo designer de experiências e artista visual Clelio de Paula, EVO21 é uma coleção de artefatos tridimensionais forjados usando software de realidade virtual durante o período de isolamento.

Esses artefatos funcionam como indumentárias digitais, itens que poderão ser vestidos pelo público em tempo real através do uso da câmera do celular.

O trabalho dialoga entre o mundo físico e o virtual e propõe a experimentação usando o potencial existente dessa mescla.

Faz parte da pesquisa que iniciou em 2016 sobre o uso do virtual e sua interferência em ambientes físicos através de mídias de realidade aumentada e mista.

RELEASE DO EVENTO

RECEBA NOVIDADES

Os Futuros Desejáveis